Calendario Kika

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

HOJE A MINHA DONA VAI CONTAR, PORQUE EU ESTOU CÁ EM CASA!


Dor de perder o nosso animal!!`É sempre uma dor ao me lembrar deles. Ao fim de 3 anos meio já consigo falar dela.A Kika tem conseguido fazer-me esquecer um pouco.....Hoje tive coragem e achei que ela merecia que eu contasse a sua história. Dei-lhe o nome de Bolinha. A Bolinha foi me posta no jardim junta com um irmão,eram muito pequeninos e tinham muito medo, comecei ater pena e quando chegava a casa colucava uma taça na porta com leite, que eles bebiam depois de eu fechar a porta.Um diaao chegar a casa estava um morto na estrada, nesse mesmodia o leite foi posto na parte de dentro da porta e assim que ela entrou a porta foi fechada, a Bolinha foi crescendo dentro de casa, quandojá era adulta e como gostava muito de ir para rua, comecei adeixar uma janela aberta com o estore para baixo de maneira que ela saia e entrava quando queria, quando chegávamos a casa ou estva porta ou já es´tava dentro se por acaso vinhamos mais tarde, com tanta saída ,claro ficou grávida...chegou altura de ter os seus bébés...estávamos a ver T:V, ela foi para trás do sofá, achei esquesito e espreitei, estava a ter os seus filhotes,comecei a falar com ela até acabarem de nascer...3 gatinhas,2 foram para duas colegas de trabalho e a outra ficou lá em casa (outra história que um dia lhes conto).                                                            
Chegou altura que resolvemos vir viver para Lisboa, para um andar e como eu já tinha um gato quando a Bolinha ficou lá em casa e eles nunca se deram bem,ele tinha de estar sempre fechado em casa(outra história que lhes contarei quando conseguir) como fiquei com a casa e empregada, resolvi trazer a bolinha para ver se ela se habituava a ficar fechada em casa. Para meu espanto adaptou-se muito bem! Adorava dormir no meio das minhas pernas no Inverno e há noite dormia ao fundo da cama, era muito calminha, quando não sabia onde ela estava e a chamava respondia-me sempre com ummiau. Os anos foram passando...17 anos...e 2 dias antes ela deixou de comer, como adorava camarão, era só quando saltava para cima da bancada, resolvi cozer camarão ...não saltou e quando lhe fui dar na boca comeu 2 bocadinhos. Disse ao meu marido que no dia a seguir iamos com ela ao vetrenário, nessa noite acordámos com ela a miar esquesito, pegamos nela e vimos que ela não estava bem...comecei logo a chorar e o meu marido mandou-me sair do pé dela, assim fiz...ao fim de pouco tempo meu marido me chamou...a minha gatinha estava morta....ainda agora a escrever me dói e choro...disse na altura que não queria mais nenhum...mas passado 3 meses já andava na internet há procura de uma gatinha (não aguentava chegar acasa e não ter a minha companheira), um dia vi a foto de uma que me cativou, era aquela, telefonei e no dia a seguir fui logo buscar...."KIKA"                                 Ao Principio confesso que foi dificil pois ela saltava para cima de tudo o que eu não estava habituada, mas era muito brincalhona muito meiguinha e tão linda...aos poucos começamos a ficar dependentes uma da outra, a minha princesinha faz-me esquecer o

16 comentários:

  1. We are so sorry to hear of the loss of your kittie of 17 years. It is so hard to lose a pet! We know as our sisfur, Scooter, left us April 2009 and her sifur, Skeeter is getting old (she's going to be 14 on Nov. 17th). But, we're happy that Kika has entered your life and made the pain diminish some!

    ResponderEliminar
  2. Oh we are so sorry about your little baby having to leave you. When Floyd went last year it was so hard - it still is very hard but I got a lot of support from the other bloggers, and I know that we all will also support you! We are so glad you have Kika now as your baby - she will never replace Bolinha, but instead is just another way to share your love, and we are sure Bolinha is watching over both of you!

    ResponderEliminar
  3. Hola Kika, que preciosidad de gatitos.
    Que pases un buen fin de semana.
    Besos Liruvi

    ResponderEliminar
  4. Minha mãe fala que não é que estamos substituindo os que já se foram e sim preenchendo um pouquinho do vazio que eles deixaram ! Tenho certeza que a Bolinha não ia querer te ver triste e a Kika ganhou uma nova ´família, lá no céu dos gatinhos ela está feliz por vc e a Kika estarem felizes!BJUS!!!

    ResponderEliminar
  5. Ai ai ai...
    Deve ser uma dor sem fim né?
    MAs, veja por outro lado, vc teve o privilégio de ter seu bichinho do seu lado tanto tempo né?!!!
    Que Deus sempre proteja seus filhotes!!!
    Beijinho
    Scu e mamãe

    ResponderEliminar
  6. Sim, a dor permanece, mas as memórias amorosas e assumir o sorriso no coração ajudar a eliminar a tristeza.

    ResponderEliminar
  7. Lovely kitten pictures; but we don't understand the text! Never mind. Have a good weekend!

    ResponderEliminar
  8. Li toda a história e lembrei-me da minha cachorra Shitara que morreu faz pouco tempo. A gente sente muito mesmo pq criamos com todo amor. Mas olha, leva a Kika lá no meu blog porque tem um monte de bichinos para ela ver rsrsrsrs. Obrigada pelo selinho viu.
    bj

    ResponderEliminar
  9. Yes, it's sad when a pet had to leave us after sharing so much love.

    ResponderEliminar
  10. Não importa quanto tempo passe... Sempre vamos chorar ao lembrar de nossos filhos de 4 patas que se foram...
    A Bolinha era linda demais! Os filhotinhos também!
    A Kika está preenchendo um vazio que a Bolinha deixou.
    É muito bom ver o carinho que você tem por seus gatos! Lindo isso!
    Beijos na Kika e beijos na mamãe maravilhosa que ela tem!
    A Inháu também manda beijinhos para vocês!

    ResponderEliminar
  11. A Bolinha teve uma vida muito feliz e cheia de amor com você ! Fiquei emocionada ao ler o post, afinal foram 17 anos de vida !
    A Kika também tem muita sorte de ter uma família tão querida e amorosa !
    Adorei a foto de vocês na cama, a Bolinha era muito espaçosa !
    O Barum adorou as fotos do slide, mas reclamou que tem muitos gatos nas fotos...
    Beijos
    Laís

    ResponderEliminar
  12. Kikinha,
    Ficamos emocionados com a histórinha da Bolinha
    Meu mãe sente muitas saudades do Pepinho, até hoje...mas aí eu cheguei e estou tentando preencher um pouco este vazio que o Pepinho deixou
    Ronrons carinhosos
    Xixo

    ResponderEliminar
  13. Estou aqui emocionada ao ler essa história. Pois não tem como eu não lembrar da minha gatinha Pictha que me deixou em Fevereiro desse ano, depois de 13 anos de convivência. Tudo vem a tona, seus últimos dias e momentos, doi muito, é muito triste.

    Bjs! Néia :(

    ResponderEliminar
  14. Oi Amiga,

    Nao e facil perder um bichinho que amamos! Fico triste de lembrar da minha cachorrinha.
    Agora tenho a Precious,mas sinto falta da minha cachorrinha, como vc da sua gatinha!
    Procure nao ficar triste.

    Beijos

    Com Carinho,

    Mi

    ResponderEliminar
  15. Olá amiga! Sei como é triste perder o bichinho que amamos tanto.Há 2 anos, perdi o meu grande amigo Charme Esfinge Jafet,e até hoje sinto sua falta, como se ele tivesse ido embora ontem.
    bjosssss

    ResponderEliminar
  16. Querida, que lindo relato leio agora aqui no blog. Entendo bem a dor que nunca passa, a saudade que sempre bate nas portas do coração. Sei que sua amada Kika complementa os seus dias, mas também sei o quanto cada um deles é especial em nossas vidas.
    às vezes pessoas me criticam dizendo: - Mas você ainda tem mais 8, um monte!
    Tá, tudo bem, mas cada um é cada um. Cada um é especial de seu modo, e cada um deixa um tipo de lembrança, um tipo de saudades.
    Mas melhor nós com nossas dores e saudades, do que ser aqueles que não sofrem por nada nem ninguém, porque nunca amaram.
    Beijos, muita luz para vocês.

    ResponderEliminar